7 minutos de leitura

O conteúdo de “10 habilidades importantes para um(a) gerente de produto técnico” se trata de uma tradução do artigo escrito pelo autor Josh Fechter e que foi publicado no dia 22 de Novembro de 2021 no seguinte link

Lidar com o lado técnico do desenvolvimento e gerenciamento de produtos envolve conhecimento mais aprofundado sobre isso além de uma capacidade natural de liderar equipes de produtos. É aí que entram as habilidades técnicas de uma pessoa com o cargo de gerente de produto.

A função de gerente de produto técnico é a espinha dorsal da estrutura de desenvolvimento de uma empresa. Essa afirmação mostra que qualquer pessoa que preencha a função de PM precisa ter amplas habilidades técnicas de gerenciamento de produtos.

Se você deseja seguir pela carreira de gerenciamento de produtos técnicos, continue lendo.

Então, vamos lá!

As 10 principais habilidades para uma pessoa gerente de produto técnica

O conjunto real de habilidades técnicas de gerentes de produto depende do setor em que essa pessoa estará inserida.

Aqui, manteremos nosso foco principal nos(as) gerentes de produtos técnicos(as) que atuam com o desenvolvimento de softwares.

1) Dominar o Desenvolvimento do Roadmap do Produto

Qualquer produto ágil precisa de um roadmap (roteiro) simplificado desde seu início até a sua conclusão, e um(a) gerente de produto é quem cria ele. Esse roteiro inclui processos que vêm antes e depois da fase de produção do ciclo de vida de um produto.

Os gerentes de produtos técnicos(as) mantém seu foco no desenvolvimento de roteiros. Essas pessoas analisam mais o aspecto real do desenvolvimento do produto e criam um roadmap específico para essa fase.

Isso inclui:

  1. Identificação dos objetivos de produto (Pesquisa de Marketing)
  2. Priorização do backlog de produto
  3. Constatação dos processos ideais de construção/desenvolvimento
  4. Menção dos principais requisitos do produto
  5. Realização da análise de viabilidade

Além disso, pessoas que são gerentes de produto técnicos(as) podem estar envolvidas diretamente com a equipe de desenvolvimento na fase de criação (Design), como por exemplo durante a parte de UI/UX.

Tudo isso aponta para um conhecimento de alto nível do ciclo de vida do produto.

2) Conhecimentos da Metodologia Ágil

Quase toda a gestão de produtos SaaS e o sucesso da carreira das pessoas que são gerentes de produtos se baseiam na metodologia Agile.

Nesse ecossistema, todos os novos produtos são feitos por squads que têm objetivos e prioridades diferentes, mas são capazes de trabalhar em sintonia e em direção a um resultado em comum.

A metodologia ágil envolve aprendizado contínuo, planejamento, melhoria pessoal e departamental, colaboração, desenvolvimento contínuo e entregas simplificadas.

Trazendo os principais valores dela:

  1. Interação com equipes e indivíduos, em vez de usar ferramentas e processos
  2. Utilização de Softwares operacionais, em vez de documentações abrangentes
  3. Colaboração com clientes, em vez de negociar contratos
  4. Reação a mudanças ao invés de seguir planos

Algumas empresas que utilizam a metodologia ágil têm um framework de desenvolvimento que envolve a produção e a execução de testes de forma simultâneas, em vez da abordagem tradicional de cascata.

À medida que essa metodologia ganha mais força, todos nós, sem dúvida, veremos mais aspectos do gerenciamento de produtos baseados na metodologia ágil.

3) Pesquisa de Produto

Realizar uma pesquisa é algo muito importante para gerentes de produto, pois ajuda a compreender o impacto que terão no mercado e em seu potencial usuário(a). Dessa forma torna-se mais simples de entender seu público-alvo e explorar suas necessidades, do que gostam, e do que não gostam, bem como a quantidade de dinheiro que eles estariam dispostos a investir no produto.

A pesquisa deve ser focada no cliente e, muitas vezes, é o único aspecto do trabalho de gerentes de produto técnico que exigem que essas pessoas pensem fora da esfera de desenvolvimento.

Em termos de aspectos de habilidade especificas, pesquisas de produtos englobam:

  • Conhecer os usuários em níveis
  • Definir o que é um produto de qualidade
  • Definir exemplos de produtos semelhantes
  • Determinar quais features são as mais importantes para o produto

Além disso, a pesquisa de produtos garante que cada nova iteração do produto atenda às necessidades secundárias e terciárias dos clientes.

Pessoas que atuam como Gerentes de Produtos menos técnicas estão mais inclinadas a pesquisas quando comparadas a PMs técnicos.

Se você estiver interessado em aprender mais sobre as habilidades do gerente de produto técnico, confira nosso curso de Certificação de gerente de produto técnico.

4) Prototipação

A prototipagem é a primeira etapa de verificação do projeto no desenvolvimento de produtos de software; gerentes de produtos técnicos têm um papel enorme a desempenhar nisso.

Durante esse processo é preciso desenvolver e testar o Design de UX, demonstrar seus recursos e testá-lo em cenários de uso do mundo real.

Gerentes de Produto técnico criam as diretrizes de prototipagem e os cenários acima mencionados. Eles fazem isso durante brainstormings de todos os casos de uso possíveis de acordo com as personas do usuário, bem como os recursos do produto.

As razões para masterizar essas habilidades incluem:

  • Satisfazer stakeholders seniores
  • Conseguir uma demonstração prática de design
  • Expor possíveis falhas e deficiências de UX
  • Coletar feedbacks valiosos de usuários e stakeholders

Existem várias ferramentas web que pessoas gerentes de produto técnico podem usar para iniciar a prototipagem. Isso inclui Proto.io e Invision, que permitem criar protótipos interativos e ricos em features.

5) Teste A/B

O teste A/B é onde gerentes encontram a viabilidade e eficácia do produto no mundo real. É a fase pós-desenvolvimento mais importante.

Product Managers precisam conhecer a efetividade das features do produto sem precisar lançar o produto final e receber feedback negativo.

É aí que entra o teste A/B. Essa capacidade permite que os PMs provem cientificamente qual iteração do produto será mais bem-sucedida, mapeie as features que o público aprova e os implemente.

Testes A/B podem ser utilizados em:

  • Features de design em UX
  • Campanhas de Marketing
  • Diferentes modelos de precificação
  • Lista de features de produto

Os gerentes de produto técnico, que atuam em desenvolvimento de software, usam ferramentas como Unbounce e Optimizely para executar múltiplas variantes de página inicial, recursos visuais, mensagens, CTAs e muito mais.

Dependendo da empresa, PMs também podem definir parâmetros e resultados esperados desses testes.

6) Análise e extração de dados

Gerentes de produto precisam explicar o produto para várias pessoas e convencê-las a aprová-lo.

Isso inclui todos os stakeholders, internos e externos, incluindo a equipe de produto, desenvolvedores e até gerentes seniores. É aqui que entram os dados, os números e as métricas.

Competência de dados é uma habilidade técnica que todos os PMs devem possuir. No entanto, é vital para os gerentes de produto técnico, pois eles precisam dele para apoiar suas hipóteses e projeções.

Conhecimentos de dados para gerentes de produto incluem:

  • Identificar dados valiosos e necessários
  • Extrair os dados necessários
  • Analisar dados para potenciais insights
  • Apresentar dados de uma forma simples de compreender

O Microsoft SQL é o principal software usado para gerenciamento de dados na maioria das configurações de desenvolvimento de software. Os gerentes de produto técnico geralmente têm um entendimento básico de SQL e podem usá-lo para vários tipos de produtos.

7) Gestão e coleta de dados

Conhecimento de dados é uma habilidade abrangente que inclui todos os aspectos do manuseio de dados. No entanto, em alguns casos, coletar dados para apoiar argumentos relacionados ao produto é uma habilidade em si.

Isso acontece por conta da natureza variável e em constante mudança do público, do mercado geral de produtos e das atitudes dos clientes.

Sabendo como coletar os dados, nos lugares certos, pode ajudar a otimizar o trabalho de um(a) gerente de produto em um grau tremendo.

A coleta e o gerenciamento de dados incluem:

  • Estabelecer parâmetros para os dados necessários
  • Configurar ferramentas de gerenciamento de dados no lado do desenvolvedor
  • Transformar dados brutos em representações visuais
  • Criar relatórios e documentos usando dados finais

O SQL mencionado acima o ajudará a coletar dados de várias fontes de acordo com filtros predefinidos. Depois disso, é só usar ferramentas como Amplitude e Tableau para converter dados brutos em visuais atraentes.

8) Codando

Codar não é necessariamente uma habilidade mandatória para um(a) gerente de produto técnico. Isso se deve à sua natureza extremamente focada, junto ao fato de não se relacionar com a gestão.

No entanto, aprender a codar pode ajudar pessoas que são gerentes de produto a otimizar o processo de programação em alto grau, facilitando muito a vida das equipes de produto.

Saber isso também ajudará gerentes a se comunicarem melhor com a equipe de desenvolvimento, já que eles praticamente falam o idioma.

Compreender sobre código implica em:

  • Conhecer os princípios da codificação
  • A tecnologia utilizada nele
  • Os fundamentos das tecnologias de codificação predominantes
  • O papel de diferentes trechos de código no design geral do back-end

Gerentes de produto técnico podem entender a codificar aprendendo sobre a stack da tecnologia aplicada. Isso inclui todos os aplicativos, servidores, tipos de código e bancos de dados usados para desenvolver e gerenciar o produto de software.

9) Escrevendo de forma técnica

As features, especificações e outros detalhes do produto precisam ser documentados em cada etapa durante o ciclo de vida do produto.

Isso requer conhecimento e experiência em redação técnica. Embora boas habilidades de escrita sejam muitas vezes suficientes para documentar de forma mais simples o produto, manter um registro completo por escrito ajuda a equipe não técnica a entender sobre ele.

A redação técnica envolve detalhar os produtos complexos e cheios de jargões em conceitos fáceis de entender, de forma que a diretoria e os gerentes possam compreender.

Isto implica:

  • Planejar a criação da Documentação
  • Coletar informações importantes
  • Convertendo conceitos complexos em uma forma simples de compreender
  • Formatar documentos em telas simples
  • Criar recursos visuais

Uma boa redação técnica consiste em pegar informações importantes, ordená-las conforme a prioridade e organizá-las em um documento.

Algumas empresas têm especialistas em documentação técnica para essa função, mas, na maioria dos casos, é a função do PM ter essa habilidade.

10) Marketing de Produto

No sentido tradicional, o marketing de produto inclui apenas a venda do produto para o público, aumentando o número de usuários e apresentando um produto de uma forma interessante.

No sentido moderno, significa ser capaz de fazer com que todo mundo, incluindo o pessoal da empresa, concorde com o produto e sua viabilidade. Essa talvez seja a habilidade mais importante no arsenal de uma pessoa que seja gerente de produto técnico.

Entender os princípios de Marketing compõe:

  • Posicionamento do produto em um espaço de mercado ideal
  • Branding (transformando o produto em uma ideia com a qual todo mundo pode se relacionar)
  • Saber como criar a melhor experiência do usuário
  • Compreendendo o alcance do produto e maximizar ele

É importante lembrar que, apesar do termo “técnico” estar associado à função, gerente de produto precisa entender os objetivos de negócios e, por fim, impulsionar o crescimento da empresa.

Em vista disso, PMs precisam diversificar seus conjuntos de habilidades a ponto de entenderem onde está o público-alvo, como alcançá-los e com quais recursos do produto usar como principal proposta de valor.

Soft Skills de Gerentes Técnicos de Produto

Embora o lado técnico de gerenciamento de produtos não exija muitas habilidades sociais, pessoas que são gerente de produto ainda deve ter algumas.

Isso incluí:

  • Habilidades de comunicação: um(a) gerente precisa comunicar desde as partes técnicas da estratégia do produto à equipe de engenharia e garantir que desenvolvedores estejam na mesma página sobre as características do produto. Tudo isso exige excelentes habilidades de comunicação por parte do gerente.
  • Habilidades interpessoais: Elas estão relacionadas às habilidades de comunicação e gerentes devem ser capazes de comunicar conceitos e ideias de design aos membros da equipe de produtos e vendas. Independentemente da natureza técnica, qualquer função gerencial exige habilidades interpessoais.
  • Atenção aos detalhes: Os produtos de software são complicados por natureza e PMs técnicos, que são responsáveis por um deles, precisarão ter um olhar atento aos detalhes, especialmente durante a instalação de recursos e depuração. Isso é para garantir um lançamento tranquilo do produto e feedback positivo do cliente durante todo o ciclo de vida do produto.
  • Afinidade com o público-alvo: a capacidade de gerente de produto sênior de se relacionar com o público-alvo do produto geralmente define a diferença entre um ótimo produto e um que não sobrevive após o primeiro ciclo de vida.
  • Gerenciamento de projetos: Um aspecto do trabalho de um PM é gerenciar tarefas de design e desenvolvimento como um projeto. Product Managers que trabalham em startups e PMEs geralmente precisam executar seus programas de desenvolvimento como únicos líderes. Isso requer gerenciamento de projetos com gestão de tempo eficaz e habilidades de tomada de decisão precisas.

Habilidades Adicionais para Gerentes de Produto Técnico

  • Ownership do produto: Proprietário técnico do produto é um conceito relativamente novo no mundo do desenvolvimento de produtos de software. Envolve maximizar o valor do produto aos olhos do público. Essa é outra habilidade que PMs em empresas menores precisam possuir, pois são os seus principais representantes.
  • Liderança eficaz: O trabalho de PM técnicos não se limita a supervisionar o lado do desenvolvimento das coisas. Eles precisam reunir o restante da equipe do produto e colocá-los na mesma página em termos de como o produto deve funcionar e da visão geral do produto. Boas habilidades de liderança também ajudará essas pessoas a gerenciar uma estrutura de equipe multifuncional.
  • Gestão de tempo: Existem poucos casos em que as empresas não têm prazos de entrega dos produtos. Na maioria dos casos, as equipes de produto precisam ser supereficientes com o tempo investido, e é trabalho de Product Managers garantirem que todos estejam sendo o mais eficientes possível em suas tarefas.

Além disso, PMs técnicos precisam conhecer o produto e seu maior impacto.

Qualificações de Gerentes de Produto Técnico(a)

Gerentes de produtos técnicos são diferentes de gerentes de projeto padrão na medida em que exigem mais qualificações técnicas para conseguir uma colocação neste cargo.

Isso se deve à natureza mais prática e mão na massa da função.

Aqui estão algumas das principais qualificações de um(a) gerente de produto técnico:

  • Graduação avançada (MBA) em gerenciamento de produtos, gerenciamento de projetos ou ciência da computação
  • Graduação em gerenciamento de produtos, desenvolvimento de software ou programação.
  • Diploma avançado em desenvolvimento e gerenciamento técnico de produtos ou tecnologia da informação
  • Qualquer outra qualificação técnica de um instituto profissional
  • Experiência de campo relevante como PM técnico júnior ou membro da equipe de produto (desenvolvedor, testador, cientista de dados, designers de UI/UX e muito mais)

Além disso, é sempre bom ter experiência em gerenciamento de projetos em grande escala.

O gerenciamento técnico de produtos é uma função mais restrita e mais focada do que um(a) gerente de projeto que é responsável apenas por uma única iteração de projeto. No entanto, a experiência gerencial adquirida com isso pode ser facilmente aplicada ao gerenciamento da equipe de desenvolvimento.

Você pode também gostar